Gravidez na adolescência

18 jul

Hoje eu estava assistindo um programa sobre gravidez na adolescência, vi uns 5 casos distintos, situações diferentes. Confesso que fiquei um pouco que chocada como existem pessoas sangue frio.

A adolescência é uma fase bastante conturbada na maioria das vezes, em razão das descobertas, das idéias opostas às dos pais e irmãos, formação da identidade, fase na qual as conversas envolvem namoro, brincadeiras e tabus. É uma fase do desenvolvimento humano que está entre infância e a fase adulta. Muitas alterações são percebidas na fisiologia do organismo, nos pensamentos e nas atitudes desses jovens.

Adolescência e gravidez, quando ocorrem juntas, podem acarretar sérias conseqüências para todos os familiares, mas principalmente para os adolescentes envolvidos, pois envolvem crises e conflitos. O que acontece é que esses jovens não estão preparados emocionalmente e nem mesmo financeiramente para assumir tamanha responsabilidade, fazendo com que muitos adolescentes saiam de casa, cometam abortos, deixem os estudos ou abandonem as crianças sem saber o que fazer ou fugindo da própria realidade.

Para muitos destes jovens, não há perspectiva no futuro, não há planos de vida. Somado a isso, a falta de orientação sexual e de informações pertinentes, a mídia que passa aos jovens intenção de sensualidade, libido, beleza e liberdade sexual, além da comum fase de fazer tudo por impulso, sem pensar nas conseqüências, aumenta ainda mais a incidência de gestação juvenil.

Vou citar dois exemplos que eu assisti hoje, no True Live na MTV.

O primeiro caso era de uma adolescente de 16 anos que ficou grávida do namorado que tinha, mas ele já estava totalmente desligado em ter responsabilidade sobre um filho que iria nascer dele, quando a menina sentou pra conversar com ele (nessa hora o bebe já tinha nascido, na caso era uma menininha linda), então ela estava segurando a menina e ele do lado, ela conversou que ele agora teria que ter responsabilidade, que precisa arrumar emprego pra ajudar nas despesas da filha… Depois desse dia o namorado dela sumiu, ela ligava e ele não atendia, mandava torpedo pro celular e ele não respondia, e isso se seguiu por duas semanas, ele sumido, ficou com raiva porque ela tentou conversar com ele. Ele um dia resolveu sair com as amigas do colégio, era um jogo da turma e ela foi torcer e de lá saíram pra lanchar toda a turma, no dia seguinte ele (o namorado dela) mandou um torpedo de celular pra ela bem assim: “Sou que você já saiu, boa mãe você é”. Ela de imediato ligou pra ele perguntando por que ele mandou aquele torpedo e ele todo grosso respondeu “E porque você está ligando pra mim? Não é pra ligar pra mim” e desligou. Logo em seguida ele mandou outro torpedo, escrito mais ou menos isso: Que ela entendesse que ela pra ele foi o maior erro, e queria saber se tinha que assinar alguma coisa pra não assumir o erro, além dela ser um gorda, cheia de estrias e vagabunda. Gentemmmm… eu fiquei cho-ca-da por ela receber palavras tão cruéis como ela recebeu. A menina começou a chorar, ligou para o pai ir até em casa porque ela estava sozinha com o bebe, queria desabafar com alguém.

No segundo caso, a família da menina que estava grávida queria que ela desse o bebê para adoção, fiquei de boca aberta, como um ser humano tem capacidade para isto? A menina já era separada do namorado, mas os dois eram amigos ate hoje e queriam o filho, mas a família dela não aceitava ela ter filho de um casal que não estão juntos.

Meninas vejam esses dois exemplos e pensem no que querem para a vida de vocês, isto é uma historia real e de vida. É uma escolha entre sua vida e a vida de cuidar de um bebe.

Levem a vida mais a sério.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: