Tag Archives: até que a morte nos separe

Qual idade certa pra namorar?

21 maio
Eloá Cristina

Eloá Cristina

 

É uma das perguntas mais freqüentes entre os pais e os pré-adolescentes.

Achar que crianças (pra ainda são) entre 11 e 14 anos estão prontas pra começar a namorar ao invés de ta brincando, é uma situação de se preocupar. Eu tenho duas opiniões: uma hora eu acho que é bobagem, outra hora eu penso no caso da Eloá Cristina que com 12 anos, namorava com um rapaz oito anos mais velho que ela…. E chego à conclusão que é melhor aproveitar mais em termo de brincar, fofocar entre amigas, passeios ao shopping, diversão ao parque, do que namorar.

 O caso Eloá Cristina, marcou. Era uma diferença grande de idade, não tanto por essa diferença, e sim a diferença de fases. Ela ainda “criança” ele já um homem. Era um namoro firme, aonde ele tinha ciúmes, a família da garota apoiava e conhecia o namorado da filha. Não era mais um namoro escondido, e sim aceito pela família.

E vejam como acabou isso! Ele sem piedade e sem compaixão deu fim a uma vida longa de uma menina que apenas queria viver longe dele. E a gente sempre se pergunta: De quem foi à culpa?

 Qual a idade certa pra namorar? Pergunta fácil, resposta difícil de achar.

 Ps: Mas quero que fique bem claro, que casos assim ocorrem não somente pelo fator de ser novo pra namorar, isso ocorre em qualquer idade, situação e fase.

beijinhos ♥

Anúncios

Até que a morte nos separe.

8 maio
Amor pra vida inteira.

Amor pra vida inteira.

Hoje no ônibus, pela manhã, vi uma cena linda, linda mesmo. Um casal bem velhinhos, os dois já de cabelos brancos, marcas da vida em sua propria pele enrrugada, a lei da gravidade em seus corpos, o tempo de vida dentro e fora deles. Eles estavam sentadinhos no banco, ele com seu braço atrás dela, a abraçando pelos ombros, depois ele fez carinho naqueles cabelos enroladinhos brancos e na andada do ônibus até seu destino ía mostrando alguns lugares a ela e falando algo sobre o que mostrou; coisas de casal apaixonado.  Gente, foi umas das cenas mais lindas que eu já vi em minha vida. Foi o amor em formas que presenciei, foi as palavras “…até que a morte nos separe” sendo concretizada.

Acreditem no amor, ele existe.

beijinhos ♥